Archive for the 'Dicas de Leitura' Category

Outliers – “Foras de Série”

No final do ano passado, Malcolm Gladwell chacoalhou o mundo das idéias com a sua teoria das 10 mil horas. Estudando figuras geniais e homens extremamente bem-sucedidos como Bill Gates, os Beatles e até Wolfgang Amadeus Mozart, Gladwell identificou um padrão que se repetia em cada uma das histórias. Bill Gates antes de comercializar seu primeiro software livrotinha tido 10 mil horas de prática em programação de computadores. Já os Beatles, antes de “acontecer”, tinham praticado 10 mil horas em palcos como os de Hamburgo. E Mozart, claro, tinha 10 mil horas de composições – antes de produzir suas maiores obras-primas. No cálculo de Gladwell, essas 10 mil horas são, com muita frequência, distribuídas em 10 anos, o que equivale a mais ou menos 20 horas de prática por semana ou 3 horas de prática por dia (quase todos os dias da semana). Sua grande conclusão é que talento, só, não basta – é preciso trabalho duro para ser um “fora de série” (título da edição brasileira do livro). Felizmente, foi possível ler, antes, sobre a teoria das 10 mil horas no site do Guardian, onde Malcolm Gladwell publicou um excerto. Infelizmente, contudo, esse texto tirou muito da surpresa de Outliers – que tem, ainda, outros grandes insights, mas cuja principal novidade é, justamente, a teoria das 10 mil horas… Gladwell, também, ao contrário do que ficou aparentemente sugerido, não tem uma teoria acabada sobre o gênio nem sobre homens extremamente bem-sucedidos, mas está preocupado em estudar as condições que permitem o surgimento de “foras de série”. Outliers é uma porta aberta nessa direção. Oxalá seja, editorialmente, bem-sucedido, para que Gladwell continue sua investigação…

Fonte: Site Digestivo Cultural

Anúncios

Livros Digitais Gratuitos

Oi pessoal!

Hoje estou meio sem tempo para postar algo mais elaborado, então me lembrei de que acesso vários sites e tenho vários e-books, teses e dissertações baixados pela internet gratuitamente. O formato geralmente é em .pdf, e, usando o Foxit Reader (gosto muito mais que do Adobe, mas isto é opinião pessoal), dá até para recortar os textos! (Boa!) Seguindo aquela linha do meu post sobre Bibliografia, seguem alguns links dos sites onde vocês podem procurar pelos livros que precisarem.

Há também os sites que cobram pelo download do e-book, mas o preço é muito mais acessível. Se alguém conhecer mais algum site,  mande no comentário! Boas buscas, espero que ajude!

*

Domínio Público

Fundação Biblioteca Nacional

Biblioteca Digital Mundial (Paguei pau!)

Biblioteca Online do Sebrae

Projeto Democratização da Leitura

E-book Cult

Cultivox (e-books gratuitos e pagos)

E-books Brasil

Cola da Web

Apostilas para download

Linka Grátis (tem Chiavenato)

Documentarios.org

Biblioteca Virtual USP

Virtual Books

Livros para Todos

Projeto Gutemberg (Esse é feinho mas tem coisas interessantes)

Neolivros (esse é só de livros Clássicos)

E-books Clube de Leituras

Blog do E-book Gratuito

E-book Directory

Free Book Spot

Bom, é isso por hoje! Um ótimo final de semana a todos!

Abraço!

Naira

A Comunicação Como Estratégia de Recursos Humanos

“O leitor tem em mãos um excelente livro de referência. Ele é útil para entender as peculiaridades da comunicação organizacional e as razões que justificam os cuidados para a tomada das melhores decisões no planejamento, na organização e na condução dos assuntos de comunicação.

O trabalho dos autores Fábio França e José Gutemberg preenche, de forma competente, uma lacuna importante na área. Eles analisam o novo cenário da interação entre empresa e colaboradores, os paradigmas tradicionais do setor de RH e as idéias que transformaram esse setor para o foco na gestão de pessoas, com base em suas competências e habilidades. O livro permite reflexões sobre a importância e a contribuição da comunicação organizacional e enfatiza a necessidade do planejamento integrado para atender os diferentes públicos, situações e níveis das pessoas. A obra ensina como planejar e estabelecer as diretrizes que podem orientar a comunicação organizacional de maneira efetiva, integrada e estratégica para que gere os resultados dela esperados.

A comunicação interna ganha com a obra, a importância merecida e vê ressaltada a sua estreita vinculação com o processo de gestão, em particular o de gestão de pessoas. De forma distinta de muitos trabalhos em administração, que relegam a comunicação a um plano, este a coloca no seu devido lugar, valorizando-a e creditando-a responsabilidade que ela efetivamente tem no ambiente organizacional.

Além de ser um dever social, a comunicação, a comunicação bem feita confere um enorme diferencial competitivo a empresa e aos seus negócios.”

Fonte: http://www.ogerente.com.br/novo/secao_livros_ver.php?id=444 É o que eu sempre digo sobre a importância do diálogo…… 🙂

Como a Starbucks salvou minha vida

“Depois de perder tudo – o emprego, o status, a família, a saúde –, o futuro parecia sombrio para Michael Gates Gill, ex-diretor de criação de uma grande agência de publicidade. Aos 63 anos, porém, ele teve o encontro que mudaria sua vida: Crystal Thompson, 28 anos e negra, gerente de uma loja da Starbucks, lhe ofereceu um emprego na cafeteria. Ele aceitou. Num relato comovente, Michael conta sua surpreendente história. Da alta sociedade americana, o ex-executivo levava uma vida cercada de privilégios até que uma seqüência de acontecimentos inesperados – sua demissão, um filho fora do casamento, o divórcio e a descoberta de um tumor no cérebro – o obriga a começar do zero. Contratado para trabalhar numa loja da Starbucks no Harlem, Michael se depara pela primeira vez com a dura realidade das classes menos favorecidas, o que o leva a fazer um balanço da sua vida, reavaliar seus preconceitos e adotar novos valores. Ele aprende a encontrar satisfação nas pequenas tarefas do dia-a-dia, a lidar com a solidão e a aceitar as diferenças. Como a Starbucks salvou minha vida é a história real de um homem que descobriu que a felicidade não está em quanto você ganha ou no cargo que ocupa, mas na capacidade de desenvolver relações verdadeiras e trabalhar com amor.”

Autor: Michael Gates Gill

Fonte: http://www.catho.com.br/jcs/inputer_view.phtml?id=10660

Teorias da comunicação: muitas ou poucas?

“É de Oscar Wilde, colocada na boca de uma personagem em O Retrato de Dorian Gray, a frase que afirma não ter existido aquilo que não foi narrado.

Temos, sim, um grande contingente de pesquisadores em Comunicação e Cultura, nos diversos centros de pesquisa ligados às universidades de todo o país. Porém, o que se vê, ou melhor, o que não se vê, é o futuro destas investigações científicas por falta de canais possíveis para fluir até o público que, mesmo existindo, é como se não existissem!

O pouco que é publicado no Brasil sobre pesquisas enfocando as Teorias da Comunicação caminha sempre em um mesmo sentido: sempre as mesmas vozes reverberadas pela mídia. Existe uma exclusão evidente para aqueles que se iniciam no campo das pesquisas acadêmicas, ficando sempre restrito aos seus pares, jamais atingindo um espectro maior de leitores.

É nesta fresta do mercado editorial que esta Coleção Azul, que neste volume auspiciosamente se inicia, se insinua e pretende ampliar dois universos: o dos produtores de texto da área específica de Comunicação e Cultura e aquele de seus presuntivos consumidores.

É muito feliz a iniciativa de propiciar a polifonia, dando voz e vez aos autores consagrados, mas, no entanto, abrindo espaço, lado a lado, para as vozes desconhecidas dos autores inéditos.

Ganha, sem dúvida, a Cultura ao se praticar deste modo a Comunicação!

Estão de parabéns os seus idealizadores. Muito bem-vinda, e longa vida à Coleção Azul de Comunicação e Cultura.”


Autores: Luiz C. Martino (org.), Charles R. Berger e Robert T. Craig

Fonte: http://www.dicasdeleitura.com.br/


Assumo que não li, mas ouvi dizer muito bem deste livro… se alguém puder ler e me dar mais informações, será ótimo!

🙂

O que toda mulher inteligente deve saber

“Este livro trata de um tema fundamental: a auto-estima nos relacionamentos amorosos.

As mulheres inteligentes sabem que existem duas maneiras de aprender a lidar com os homens – uma fácil e outra difícil. O problema é que a maioria das mulheres se tornam inteligentes da segunda forma, passando por experiências que deixam cicatrizes, mágoas e insegurança.

O objetivo de Steven Carter e Julia Sokol é justamente ensinar um caminho mais simples – e menos traumático – para alcançar essa sabedoria.

Baseados em histórias de pessoas que, como nós, já investiram em relacionamentos que não deram certo, perderam noites chorando e esperando telefonemas que nunca aconteceram, eles dão valiosas dicas para evitarmos os mesmo erros novamente.

Qualquer mulher que tenha se apaixonado pelo menos uma vez na vida vai se reconhecer nessas histórias, rir de si mesma e descobrir que o amor verdadeiro é muito mais do que coração disparado e pernas bambas. Com a ajuda deste livro, você vai aprender também:

• Como distinguir os homens certos dos errados
• Quando acreditar no que ele diz e quando cair fora
• Como identificar um homem potencialmente violento
• Como lidar com uma separação
• Os onze mandamentos da mulher inteligente

Este livro vai ajudar você a escolher relacionamentos que a permitam crescer e, sobretudo, tornar-se a pessoa mais importante de sua vida.”

Autores: Steven Carter e Julia Sokol

Fonte: http://www.dicasdeleitura.com.br/


Opinião da Naira: bem, eu não sou muito fã de livros de auto-ajuda… porém, também sou mulher e claro, já fiz más escolhas… portanto, cada um sabe onde aperta o sapato, e no caso de um relacionamento amoroso influenciar negativamente o sucesso profissional e a paz de espírito, vale a pena dar uma espiada… uma opinião neutra é sempre bem-vinda não é?

😛

O Monge e o Executivo: uma História sobre a Essência da Liderança

“Você está convidado a juntar-se a um grupo que durante uma semana vai estudar com um dos maiores especialistas em liderança dos Estados Unidos.

Leonard Hoffman, um famoso empresário que abandonou sua brilhante carreira para se tornar monge em um mosteiro beneditino, é o personagem central desta envolvente história criada por James C. Hunter para ensinar de forma clara e agradável os princípios fundamentais dos verdadeiros líderes.

Se você tem dificuldade em fazer com que sua equipe dê o melhor de si no trabalho e gostaria de se relacionar melhor com sua família e seus amigos, vai encontrar neste livro personagens, idéias e discussões que vão abrir um novo horizonte em sua forma de lidar com os outros. É impossível ler este livro sem sair transformado. O Monge e o Executivo é, sobretudo, uma lição sobre como se tornar uma pessoa melhor.”


Autor: James C. Hunter

Fonte: http://www.dicasdeleitura.com.br/


Este é o clássico da liderança…


dezembro 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Atualizações Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Del.icio.us