Archive for the 'Palestras e Encontros' Category

8º edição do Congresso Brasileiro de Gestão Do Conhecimento

          A SBGC – Sociedade Brasileira de Gestão do Conhecimento, realizará em Salvador-BA em conjunto com SBGC – BA, o KM Brasil 2009 – 8º edição do Congresso Brasileiro de Gestão Do Conhecimento, no período de 23 a 25 de setembro de 2009.

         O evento reunirá profissionais do Brasil e de outros países, reconhecidos nacional e internacionalmente, com o objetivo de discutir as dimensões, pessoas, processos e tecnologia em Gestão do Conhecimento. As temáticas serão abordadas segundo a visão dos setores acadêmico, privado, público e terceiro Setor, mediante atividades de debates, dinâmicas, mesas-redondas, grupos de trabalho, propiciando a interação dos palestrantes com os congressistas.

JUSTIFICATIVAS DO TEMA DO CONGRESSO

         O conhecimento tem se tornado um recurso cada vez mais estratégico para as organizações buscarem a sua competitividade e sobrevivência. A Gestão do Conhecimento passa a ser fundamental para o desenvolvimento sustentável das organizações, ampliando a competitividade do país.

         A competitividade depende da capacidade do país de gerar e usar seus conhecimentos e inovações, para o desenvolvimento sócio-econômico.

         Assim, foi definido como tema para o KM Brasil 2009 – 8º Congresso Brasileiro de Gestão do Conhecimento: O Brasil no contexto da Gestão do conhecimento para Inovação.

OBJETIVOS

         Tendo em vista o tema central proposto, os objetivos do KM Brasil 2009 são os seguintes:

  • Apresentar resultados do Projeto Agenda Brasil Conhecimento, cujo objetivo é discutir o futuro do país pela ótica do conhecimento, visando identificar as ameaças e oportunidades que o Brasil enfrentará no contexto internacional nas próximas décadas;
  • Promover as ações de Gestão do Conhecimento como base para os processos de inovação;
  • Integrar as ações de Gestão do Conhecimento desenvolvidas nas várias regiões do país;
  • Congregar profissionais, gestores e acadêmicos que tenham interesse e foco em Gestão do Conhecimento, e se proponham a compartilhar informações e experiências;
  • Discutir metodologias e práticas de Gestão do Conhecimento, tanto para identificar os gaps de conhecimento nas organizações como propiciar insumos para a formulação de políticas estratégicas de desenvolvimento e aplicação do conhecimento nas organizações;
  • Promover a integração dos setores acadêmico, privado, público e terceiro setor, focados em gestão do conhecimento;
  • Promover o intercâmbio de conceitos, métodos e técnicas que promovam a socialização do conhecimento entre profissionais e organizações na área de gestão do conhecimento.

O EVENTO PROPICIARÁ A OPORTUNIDADE DE MANTER CONTATO COM:

  • Profissionais oriundos das empresas nacionais e internacionais com experiências em práticas de Gestão do Conhecimento;
  • Acadêmicos (Professores e estudantes de Mestrado e Doutorado) atuantes em linhas de pesquisa relacionadas à Gestão do conhecimento e temas pertinentes;
  • Consultores e fornecedores de soluções para Gestão do Conhecimento;
  • Também será uma excelente oportunidade para troca de experiências, idéias e proposições, com cerca de 800 participantes do setor privado, público, academia e terceiro setor, com experiência em práticas de Gestão do Conhecimento.

Mais informações no site do evento: http://www.kmbrasil.com/ 

Anúncios

12º Fórum Internacional de Empreendedores

2A 12ª Edição do Fórum Internacional de Empreendedores – FIE – será realizado entre os dias 3 e 8 de agosto, em Córdoba. Para todos que não tiveram tempo para buscar patrocínio e ou juntar recursos para o FIE 2009, agora é a nova chance! As inscrições podem ser feitas através do Nexa local ou da Junior Achievement do seu Estado.

Mais informações no site da Junior Achievement.

Considerações sobre o Encontro sobre Sustentabilidade com Peter Senge

Quem assistiu à palestra pela transmissão ao vivo do site do Banco Real, viu que Peter Senge não é “o cara” à toa. Sua oratória e seu domínio nos argumentos são de gente grande.

Primeiro, que em pleno “Encontro de Sustentabilidade”, ele chega dizendo que odeia essa palavra, e nem uma nem duas vezes, foram vários ataques, rs. Bom, ele pode. E ele está certo. Esta foi uma palavra que caiu na boca do povo indiscriminadamente, e acabou perdendo seu sentido.

Para bancar a empresa ecologicamente correta, qualquer empresa hoje em dia usa esta palavra. Basta comprar os lindos lixos coloridos para reciclagem e a empresa já se diz sustentável. É ou não é?

Bem, Peter Senge condenou esta prática, e emendou que as lideranças emergentes são atualmente as responsáveis pelo que chamou de resgate do sentido da sustentabilidade. Usou o termo empregado em seu livro “As 5 Disciplinas de Peter Senge”, o pensamento sistêmico, e defendeu que este é um processo desafiador e logicamente, com frutos a longo prazo.

E por falar em frutos a longo prazo, Peter Senge comentou bastante sobre os fatores climáticos em que o mundo se encontra, citou os países  pouco (e falsamente) engajados com o problema, a falta de visão a longo prazo das superpotências (argh, só pra constar!) – eu estava adorando, porém o pessoal do chat já estava perdendo a paciência – mas depois de um tempo voltou ao assunto com âmbito corporativo, que era o que o pessoal queria ouvir. Não sei, parece-me que esperavam por uma palestra sobre a Quinta Disciplina, mas ele estava ali para falar em Sustentabilidade, todos deveriam saber que o foco não era completamente corporativo, mas enfim…

O que ele quis dizer, em minha opinião, é que Sustentabilidade começa por nós mesmos, em todos os sentidos: Econômico, Político, Social e Ecologicamente. De nada (ou pouco) adianta reciclar o seu lixo sem reduzí-lo. São nossas atitudes primárias que desencadeiam outros fatores (lembrei-me da Teoria do Caos na hora!), que por si próprios, atendem às nossas vontades e necessidades em colaborar e principalmente, ao mundo. A partir do momento em que nós nos conscientizamos de que o problema é GRAVE, e nos deixamos APRENDER com nossas ações, vamos cobrar, até subjetivamente, mas vamos. Exemplo econo-político-sócio-ecológico: Quantos produtos vocês vêem nas prateleiras dos supermercados cujas superproduções das embalagens são extremamente desnecessárias? Vai tudo para o lixo mesmo! Mas não, o produto tem que aparecer, custe o que custar. E a empresa produz e o povo compra, quem vai se lembrar de ser sustentável, diante daquela belezura de produto?

Lembro-me de um comentário sobre a “Pegada Ecológica”, ou seja, o tamanho do rastro que cada um deixa no planeta pra manter seus “privilégios”. Mandou bem.

Enfim, ele falou sobre tudo isso, e depois exibiu um vídeo, assistam:

O que ele quis dizer com isso? Simples. Tomando aldeias como base de estudo, verificou-se que as mulheres gastam dinheiro em prol da comunidade. Porém, pesquisas mostram que 75 a 85% da verba destinada aos programas de auxílio a pobreza, é gasta com meninos. O que a campanha quer não é responsabilizar a mulher pela fome e miséria no mundo, e sim, sugerir a desproporcionalidade de dinheiro gasto entre meninos e meninas, e segundo o projeto, dentro de outras perspectivas de vida, as adolescentes poderiam ter outras oportunidades, e o mundo ganharia muito também com sua participação como responsáveis pelas redes sociais.

Peter Senge é polêmico e um pouco criticado por suas teorias de certa forma um pouco utópicas. Aqui estou expondo a mensagem que ele quis difundir durante a palestra toda, que por sinal, não foi nenhuma novidade para quem conhece seu trabalho e se interessa pelo meio ambiente.

Além disto, ele finaliza: “Como é que vocês realmente querem viver?” . “Qual é realmente o mundo que vocês querem deixar para seus filhos e netos?”. Bem-estar social é o segredo para destravar nossas emoções. Nós somos a mudança, ninguém mais. E eu continuo sendo fã dele.

Assistam à palestra na íntegra – através da Internet Explorer – acessando as versões:

Em português

Em inglês

Um abraço!

Peter Senge no Brasil!

petersenge_retrato140x200pxSustentabilidade com Peter Senge

No dia 1° de junho, o Grupo Santander Brasil traz um dos maiores especialistas em aprendizado organizacional do mundo a São Paulo. O encontro será transmitido ao vivo pelo site do Banco Real e os interessados ainda podem participar da discussão enviando perguntas.

O convidado que abre a série “Encontro de Sustentabilidade”, de 2009, promovido pelo Grupo Santander Brasil, é o autor do livro “A Quinta Disciplina”, Peter Senge, que também é fundador da Society for Organizational Learning – instituição que reúne empresários, pesquisadores e administradores para o desenvolvimento de conceitos de aprendizado organizacional contínuo – e professor do MIT – Instituto de Tecnologia de Massachusetts.

O evento será realizado em São Paulo e transmitido, ao vivo, a partir das 19h30 pelo Espaço Real de Práticas em Sustentabilidade, no site do Banco Real, que pertence ao grupo.

Os interessados ainda poderão participar da discussão com Senge enviando perguntas a partir de agora. Basta acessar a página do site e deixar sua sugestão. As questões mais votadas serão enviadas ao especialista e os autores ganharão o livro “A Revolução Decisiva”, autografado.

Com o objetivo de facilitar a organização de pessoas que queiram assistir a trasmissão em grupo -seja em casa, nas escolas ou em empresas – o Banco Real ainda criou uma área de orientação no site que chamou de kit transmissão.

Fonte: http://planetasustentavel.abril.uol.com.br/noticia/bancoreal/patrocinador_470643.shtml


dezembro 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Atualizações Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Del.icio.us